Por: Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)

A abertura da Reunião Técnica do Plano Nacional Anual de Biodiversidade (Planabio 2024), ocorreu em Brasília (DF), nesta segunda (6/11). O encontro prossegue até o dia 10 deste mês e reúne servidores do Ibama, da Diretoria de Uso Sustentável da Biodiversidade e Florestas (DBFlo) e os os chefes das Divisões Técnicas (Ditec) e dos Núcleos de Biodiversidade (Nubio).

Plano Nacional Anual de Biodiversidade 2024

O Planabio 2024 será elaborado com base nas diretrizes definidas pela portaria do Ibama 228/2023. Os temas centrais são ações de conservação da biodiversidade, promoção da bioeconomia local (com respeito à cultura regional), mudanças climáticas, racismo ambiental (forma de desigualdade socioambiental que afeta principalmente as comunidades marginalizadas) e desigualdades sociais.

A DBFlo atua em temas de alta complexidade e diversidade, com representação em todas as unidades da federação cujas atribuições possuem interface com as demais diretorias do Ibama. Os servidores atuam na reabilitação e na reintrodução de animais silvestres na natureza; em projetos de quelônios da Amazônia (PQA); estruturam projetos de conversão de multas; e controlam a exportação e a importação da biodiversidade. Além disso, controlam e monitoram a cadeia produtiva de produtos florestais, o que garante a proteção e o uso sustentável da biodiversidade e dos recursos naturais.

As Ditecs e os Nubios, por sua vez, são responsáveis por coordenar e executar – em suas áreas de abrangência e jurisdição – as ações federais, os programas e os projetos derivados das competências da DFBlo.

 

 

Confira notícias relacionadas