O Grupo SteelCorp, ecossistema de empresas especializadas na indústria de construção em light steel frame, anunciou a compra da TecnoFrame, uma das maiores fábricas do setor no Brasil, por R$ 14 milhões. O objetivo é conquistar mais eficiência operacional e verticalizar toda a cadeia produtiva, da entrega dos perfis, passando pela montagem do painel ao módulo completo.

Para isso, a companhia vai investir um total de R$ 30 milhões na expansão e mudará a localização da unidade fabril da TecnoFrame de Arujá para Cotia, em São Paulo. No novo local, que abrange 7 mil m² de área industrial, a capacidade de produção anual será praticamente triplicada: de 1.500 para 4.100 toneladas. Além disso, aumentará o número de funcionários de 40 para 75.

Para Daniel Gispert, presidente do Grupo SteelCorp, a nova empreitada promete intensificar a fusão da industrialização com a construção civil. “Retiramos do canteiro de obras grande parte da construção, aumentando a produtividade, a qualidade e otimizando o tempo dos projetos”, afirma.

Roberto Justus, fundador e CEO da empresa, destaca a premissa de revolucionar o cenário da construção civil no Brasil, solucionando problemas e entregando projetos mais rápidos, limpos, modernos e ecologicamente corretos, desde sua concepção: “A compra da TecnoFrame vem ainda para coroar nossos ideais de qualidade, tecnologia, gestão e processos”.

Showroom imersivo

A nova fábrica em Cotia ainda vai contemplar a Vila Steel, um showroom imersivo, cujo intuito é mostrar na prática as principais vantagens das construções modulares e dos sistemas avançados de alta tecnologia, testando a eficiência acústica e térmica dos materiais e a resistência ao impacto e ao fogo. Um tour guiado por todo o local também está entre as ideias em cena.

Quatro frentes de atuação

A TecnoFrame se une a outras frentes de atuação do grupo: a construtora SteelCorp, voltada a seis segmentos (residencial unifamiliar, condomínios residenciais, corporativo, retail, fachadas e painéis, e construção modular); a SteelAcademy, plataforma educacional criada para formar novos profissionais especializados em obras e promover a cultura do steel frame no Brasil; e o SteelBank, securitizadora e fundo de investimentos para fomento do mercado de steel frame.

 

Confira notícias relacionadas