Por: Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA)

Em dezembro, o governo brasileiro recebeu o anúncio, pelo governo do Egito, da aprovação sanitária para a importação de pescados e derivados provenientes do Brasil.

Egito abre mercado para pescados e derivados

Em 2022, Brasil e Egito registraram trocas comerciais da ordem de US$ 3,48 bilhões. O Egito foi o principal destino dos produtos agropecuários brasileiros na África, com exportações de US$ 2,27 bilhões, e o 13º no mundo.

O anúncio soma-se à recente abertura do mercado egípcio para o algodão em pluma e para gelatina e colágeno de origem brasileira, o que reforça a tendência de aumento das exportações para o país africano.

Tais resultados são fruto do trabalho conjunto do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) e do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Confira notícias relacionadas