Os trabalhadores do setor de construção civil já estão habituados com os diários de obras, documentos que centralizam os registros do dia a dia dos projetos, especialmente os que causam atrasos, como imprevistos climáticos e problemas com material.

Com esse relatório, é possível o acompanhamento e a análise de todas as atividades dos profissionais envolvidos, bem como o monitoramento de desvios, como perdas de prazo, gastos acima do orçamento e deixar de seguir alguma norma ou condição de trabalho.

“O diário de obra é o principal instrumento para verificação do andamento da obra, seja para os desdobramentos planejados, como para os imprevistos que podem acometer o bom desenvolvimento do projeto. É ainda muito utilizado para análise de causas e responsabilidades por problemas com prazo, diminuição de produtividade, desvios de escopo e qualidade e para a quantificação de danos econômicos”, destaca Henrique Bragança, Country Manager da PlanRadar no Brasil, empresa desenvolvedora de software de gerenciamento para o segmento de construção.

Diário de obras no papel é coisa do passado

Com a evolução dos processos dos projetos, o diário de obras no papel ficou obsoleto, já que a tecnologia permite uma rápida comunicação entre os setores responsáveis, facilitando verificações e que correções necessárias sejam feitas o quanto antes.

Mas, com diversas partes envolvidas, a documentação acabou sendo espalhada entre diversas plataformas, ocasionando problemas de gestão. “Há anos vemos a tecnologia cada vez mais presente na realização de obras. No entanto, o básico – que é a digitalização do diário de obra – ainda pouco explorada, ou quando está digitalizada, acaba sendo espalhada entre diversas plataformas. Na PlanRadar nós nos esforçamos para oferecer um software que reúna toda a documentação do projeto, assim como uma melhoria nas suas etapas colaborativas”, aponta Bragança.

Em 2023, a PlanRadar lançou um recurso de gerenciamento de documentos, que, segundo a empresa, dá aos clientes a capacidade de gerenciar planos e documentos de forma centralizada, com todas as atualizações para total rastreabilidade.

Todas as aprovações e autorizações de documentos são tratadas na plataforma, em vez de ficarem espalhadas em e-mail e outros lugares,. Essa nova funcionalidade, observa a companhia, ajuda os usuários a gerenciar planos e documentos desde as primeiras fases de planejamento de um projeto, passando pela construção e chegando às operações.

 

Confira notícias relacionadas