A Caixa obteve a aprovação da Comissão de Financiamentos Externos (COFIEX) para seguir adiante na captação de US$ 500 milhões junto ao Banco Mundial. O recurso é uma opção de funding que será utilizado  para financiar projetos de transição energética para uma economia de baixo carbono nos setores de transportes, infraestrutura urbana sustentável e energia.

“As cidades brasileiras têm urgência na redução das emissões de gases de efeito estufa para alcançar suas metas ambientais, em especial no transporte público, que é um dos maiores emissores de poluentes nos centros urbanos”, afirma Carlos Vieira, presidente da Caixa.

Objetivos da Caixa para a transição energética 

A Caixa buscará priorizar o financiamento de iniciativas que invistam na eletrificação dos transportes públicos e veículos elétricos e toda a infraestrutura necessária para a sua operação; na transição energética, apoiando as cidades brasileiras empenhadas em acelerar essa transição com planos de geração de energia limpa e iniciativas de eficiência energética; e propostas para uma economia de baixo carbono dentro do setor de infraestrutura urbana sustentável, como iluminação pública, saneamento e outros projetos que reduzam as emissões de gazes de efeito estufa.

Com a execução desse projeto, a Caixa terá papel fundamental no avanço das metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs), impactando positivamente a sociedade e o meio ambiente do Brasil.

“A jornada em direção ao cumprimento dos objetivos firmados é contínua e requer urgência. A Caixa está preparada para liderar essa transformação, impactando positivamente milhões de vidas e contribuindo para um Brasil mais verde e justo”, finaliza Jean Benevides, diretor de Sustentabilidade da instituição.

Confira notícias relacionadas